Arcor Mais

Noticias

A tendência do amargo com um toque de laranja

 

Presente no Brasil desde 1981, o Grupo Arcor iniciou suas atividades em uma pequena fábrica de balas no interior paulista. Com apenas 60 funcionários e três linhas de produção, a Arcor fincou seus alicerces no mercado de guloseimas e continuou crescendo. Os chocolates foram lançados em 1995 com a linha Tortuguita, carro-chefe da empresa. Quatro anos depois, começou a produção nacional de chocolates, com a inauguração da planta de Bragança Paulista, uma das mais modernas do Brasil.

 

Em 2004, a Arcor e a Danone se uniram nas divisões de biscoitos da Argentina, Brasil e Chile. Como conseqüência, a Arcor do Brasil se tornou uma das marcas mais importantes no país, integrando duas novas fábricas em Campinas (SP) e Contagem (MG), dois mil novos colaboradores e incorporando um amplo portifólio de marcas como Aymoré, Danix e Triunfo. Nos últimos anos, a empresa investiu mais de US$ 40 milhões na construção de uma nova fábrica em Recife (PE), na ampliação da capacidade de suas linhas, em novas tecnologias de produção, em normas e programas de qualidade, pesquisa e desenvolvimento de produtos, marketing e em seus colaboradores.

 

São Paulo, julho de 2018 – O chocolate amargo vem conquistando o paladar dos brasileiros cada vez mais. Nesse cenário, a Arcor do Brasil, uma das líderes nas categorias de Chocolates, Guloseimas e Biscoitos do país, expande o portfólio de tabletes e inova com o lançamento do Amargo 53% com pedaços de Laranja.

COMENTÁRIOS